Início | Diversos | Área da Igreja Imaculada Conceição é regularizada por meio de leis aprovadas na Câmara

Área da Igreja Imaculada Conceição é regularizada por meio de leis aprovadas na Câmara

05/11/2020 | Diversos

Solicitação foi feita pela vereadora Juliana Damus após pedido de moradores da comunidade

Na 175ª Sessão Ordinária, realizada no dia 20 de outubro, a Câmara Municipal de Araraquara aprovou os Projetos de Lei nº 224/2020 e 225/2020, autorizando a Prefeitura a regularizar um antigo problema com áreas ocupadas pela Mitra Diocesana, na confluência dos bairros Jardim Tangará e Jardim Santa Rita de Cássia, onde está localizada a Igreja Imaculada Conceição. No passado, a igreja e o salão comunitário, ao lado dela, foram equivocadamente construídos sobre parte do que deveria ser uma área verde, e parte sobre área de sistema de lazer do então loteamento, ainda no início dos bairros.

A regularização, aprovada na Câmara, está sendo feita por meio de permuta de áreas entre o Município e a Mitra, que tem, na quadra ao lado, outra propriedade, que está sendo integrada ao patrimônio municipal. As áreas têm exatamente o mesmo tamanho e o mesmo valor, segundo avaliação de perito municipal, por isso o trâmite não trará custos ao Município. O pedido foi feito pelos moradores do bairro à vereadora Juliana Damus (Progressistas), conforme consta na justificativa do projeto. De acordo com a parlamentar, estes antigos problemas já haviam sido tratados com o Executivo diversas vezes anteriormente, durante várias reuniões, até culminar na sua solução, por meio dos projetos aprovados na Câmara.

Além do mais, Juliana ressalta que a finalidade ambiental agora será cumprida, já que a área da Mitra, que passa a integrar os bens do município, tem vegetação abundante e consolidada, o que não ocorria anteriormente, pois o espaço, que deveria ser área verde, era ocupado pelo salão comunitário e pelo templo religioso. Antes de chegar para discussão e votação na Câmara, os projetos passaram por diversas análises jurídicas, na Prefeitura, na Câmara Municipal e no Cartório de Registro de Imóveis, sendo ajustados até obterem os pareceres favoráveis.

Texto e foto: Imprensa da Câmara

Veja outros artigos

Com proposta de economia, lei de Juliana Damus é sancionada e marca de Governo fica proibida em Araraquara
Por Claudio Dias Agora é oficial. Foi sancionada no final de semana a lei da vereadora Juliana Damus (PP) determinando...
Câmara homenageia a UNIARA – 50 ANOS com Diploma de Reconhecimento Público
Indicação feita pela vereadora Juliana Damus foi entregue por ela e pelo vereador Jéferson Yashuda O vereador Jéferson...
Juliana Damus comemora Unidade Móvel do DAAE
Por Elaíse Silva A Unidade Móvel de Atendimento ao Público, do Departamento Autônomo de Água e Esgoto (DAAE), foi...
Renda arrecadada em campanha de Estacionamento Solidária auxiliará tratamento de pacientes com câncer
Juliana Damus participou da iniciativa e esteve presente durante solenidade de entrega do valor angariado Na tarde da...
Dr. Lapena e Juliana Damus cobram solução para paralisação na CTA
Por Wagner Luiz “Fomos tratadas como animais. Eles tiraram a gente “que nem” cachorro de dentro do ônibus. Queremos...
Falta de vacinas nos postos de saúde
A vereadora Juliana Damus apresentou requerimento, questionando a falta de vacinas nos postos de saúde do município. O...
Apoio ao projeto que determina alteração na tarifa dos serviços de telefonia fixa
Preocupada com as elevadas tarifas cobradas pelas empresas telefônicas, que vêm dificultando,...
Aplicação efetiva de leis e implementação de projetos são discutidos na Prefeitura
Vereadora Juliana Damus levou demandas ao prefeito Edinho Silva Na segunda feira (17), a vereadora Juliana Damus...
Cidadã busca melhor atendimento para pacientes do CAPS
Vereadores Roger Mendes e Juliana Damus levaram a demanda às secretárias da Saúde e Assistência Social Há muitos anos,...
Vereadores do PP querem de volta a campanha “Não dê esmola, encaminhe à Casa Transitória”
Por José Conde Sobrinho Diante de problemas sociais que se avolumam com a mendicância observada em...

Pin It on Pinterest